• All
  • Design Gráfico
  • Marketing Digital
  • Mix De Marketing
  • Web Design
  • Default
  • Title
  • Date
  • Random
Na última quarta-feira, uma novidade no Instagram ganhou grande repercussão entre os brasileiros: a rede social retirou o número de likes anteriormente exposto sob as publicações de seus usuários. Com a decisão, apenas o próprio usuário passou a ter acesso ao número de curtidas que as suas fotos e vídeos receberam, como já acontece no Canadá, desde maio, e passou a ser aplicado, além do Brasil, na Austrália, Itália, Nova Zelândia e Japão, com pretensão de expansão a outros países ao redor do mundo. De acordo com o Instagram, a medida pretende tirar o foco dos números para que os usuários se atentem ao conteúdo publicado.

Com forte concorrência entre instituições de ensino, o setor educacional é um dos mais desafiadores para quem deseja publicizar a sua marca e sair na frente na demonstração de suas qualidades técnicas e na consequente conquista de novos alunos.

O famigerado “diferencial” inclui desde a estrutura - seja física, no ensino presencial, ou tecnológica, no ensino à distância - conceituado corpo docente, linha educacional e, não menos importante, o custo benefício para tudo isso. Para isso, se faz fundamental um investimento em marketing. Mas não o velho marketing, com propagandas em outdoor, comerciais de TV e spot para rádio. Mas, sim, o investimento em conteúdo para o meio digital, onde realmente está o público alvo. Isso porque, de acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 75% dos domicílios brasileiros têm acesso à internet. 

Ainda segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD), o smartphone é responsável por 98% dos acessos. É aí que entra o marketing digital e a utilização de ferramentas e linguagens que garantam uma comunicação assertiva e eficaz com os estudantes e pais de estudantes, com três objetivos: alcançar um público que ainda não conhece a instituição de ensino, aumentar o número de alunos matriculados e, por último, fidelizar as matrículas. Para isso, o primeiro passo é conhecer o público-alvo e capturar relevantes informações sobre ele, o que o marketing entende como "persona", ou seja, as características de um personagem fictício, mas que representa bem o seu potencial público. 
 
Para atração desse público, se faz necessário entender quais os seus anseios, seus interesses, os problemas em relação ao ensino e, assim, traçar a comunicação de forma que mostre como a instituição de ensino pode atendê-lo e ajudá-lo. Após descobrir tais características de seu público-alvo, ao definir sua persona, chegou a hora de levar a sua mensagem até ele. No entanto, muito além de comunicar, se faz necessário seduzir o seu potencial aluno, o que é feito com um planejamento da estratégia de marketing aliado a execução e, por fim, da mensuração dos resultados obtidos para que sejam otimizados.   
 
Ser visto para ser lembrado é essencial: um bom posicionamento na busca do Google se faz com a publicação periódica de conteúdos relevantes e que espelhem o interesse de seu público. Isso faz com que a sua instituição de ensino seja vista como referência para determinados assuntos. Essa autoridade vem com a disseminação do conhecimento que pode ser feita por meio de um blog dentro do site de sua instituição, por exemplo. Nessa estratégia, inclusive, é possível divulgar o corpo docente com participação em matérias, seja como entrevistado, colunista, comentarista ou mesmo assinando um artigo. 
 
Toda essa estratégia de conteúdo deve ser apresentada de forma clara e acessível, em um site clean e responsivo, ou seja, pronto para ser acessado em qualquer dispositivo. Nesse estágio, após atrair visitantes, o objetivo é transformá-los em leads e, posteriormente, em um potencial aluno, inscrito para o processo de seleção que o levará até a matrícula. Por último, após a consquista de uma nova matrícula, a estratégia de marketing deve se voltar para a manutenção desse aluno. Para isso, é necessário entender o que dizem os números e promover pesquisas para entender quantos entram, quantos saem, em quanto tempo saem e por qual motivo, a chamada taxa de retenção.
 
 
 

Quando se trata de advertising, uma estratégia não anula a outra, quando bem administradas. Principalmente, se estivermos falando de Facebook ADS e Google ADS, os maiores players da grande rede mundial de computadores. Os mecanismos de propaganda virtual destas duas gigantes da internet são extremamente eficazes e, alinhados, podem provocar ótimos resultados para a sua estratégica de vendas e marketing. Portanto, deixe de lado a rivalidade entre as plataformas e conheça os benefícios de adotar uma visão holística do marketing de seu negócio. Os resultados são palpáveis: desde influência no alcance, aumento no engajamento e nos leads até o aperfeiçoamento de prospects, tudo isso baseado nos insights dados pelas duas plataformas.

Após o vazamento de dados de 87 milhões de usuários do Facebook - no escândalo da coleta de informações pela empresa Cambridge Analytica para utilização nas eleições de 2016 para a presidência dos Estados Unidos - o mundo entrou em alerta para uma política que garantisse a segurança dos internautas. No Brasil, quase dois anos depois, em agosto de 2018, o então presidente Michel Temer sancionou a Lei nº 13.709/2018, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), assinada após oito anos de discussão. A LGPD, que tem como objetivo regulamentar empresas públicas e privadas quanto ao tratamento de dados pessoais de clientes e usuários, entra em vigor no país a partir de agosto de 2020.

Você ouviu dizer que precisa fazer um anúncio para divulgar o seu pequeno ou médio negócio, mas não tem a mínima ideia de como utilizar as ferramentas do Google Ads? Se o dispositivo de anúncios parece complexo para você, o Google facilitou a sua vida com a criação do AdWords Express, ideal tanto para leigos quanto para profissionais de marketing freelancers. Embora a plataforma do Express seja bem simples, o Google ainda presta assessoria para quem investir acima de R$10 por dia: você recebe suporte gratuito, por telefone, de especialistas da empresa para tirar suas dúvidas e ajudá-lo a configurar e otimizar o seu anúncio.

O que nossos clientes estão falando?

  • "Minha experiência é a melhor possivel. O atendimento é impecável!!!"

    star5

    Laura Ganon

    CEO - Fink Mobility

  • "Confiança, qualidade do trabalho e comprometimento definem uma parceria de sucesso. Para nossos clientes, o nível de qualidade e atendimento precisa ser "excelente" e para tal, a confiança em um parceiro como vocês, é fundamental. Cliente satisfeito é a garantia do nosso sucesso!"

    star5

    Ana Mason

    CEO - Ana Mason Design

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9