• All
  • Design Gráfico
  • Marketing Digital
  • Mix De Marketing
  • Remarketing
  • Web Design
  • Default
  • Title
  • Date
  • Random

O acesso à uma internet cada vez mais veloz e o desenvolvimento de hardwares potentes possibilitou que cada vez mais aparelhos de nosso cotidiano estivessem conectados ao meio digital. Isto abriu portas para novos usos de aparelhos como televisores, geladeiras e diversos outros eletrodomésticos de uma casa.

Outro grande marco foram os assistentes de casa. O mais comum destes é Alexa, da Amazon. Sua função é ajudar o consumidor em tarefas do cotidiano, principalmente se outros aparelhos da casa estiverem conectados à internet. Ela pode abaixar as luzes de casa na hora de dormir, aumentar o volume do sistema de som, setar alarmes pela manhã, entre diversos outros usos.

No entanto, sua funcionalidade mais potencial é, sem sombra de dúvidas, fazer pedidos pela Amazon de forma automática. Acabou o café? A  Alexa pode pedir automaticamente. Em países que a lista de produtos da Amazon compreende itens do cotidiano e a logística de entrega é rápida, este serviço se tornou popular por ser extremamente prático para os clientes. 

As empresas que fornecem o serviço, como a Amazon, ganham uma vantagem imensa no mercado. Elas acumulam um grande número de informações sobre seus clientes. O histórico de pedidos forma um padrão de consumo do cliente. Esses hábitos facilitam o controle de estoque, por exemplo.

Se há um padrão reconhecido no consumo de um produto, é possível mensurar o que precisa estar em estoque. Com isso, empresas como a Amazon acabam por ganhar novos mercados, e concentram ainda mais poder e relação com clientes em suas mãos. 

Esta concentração pode acabar em um oligopólio do consumo online? A princípio, sim. As vantagens comparativas das empresas de varejo digital tendem a desestruturar marcas que utilizam somente de vendas físicas. É evidente também que a tecnologia pode ser usada por novos grupos, que darão outras utilizações para as plataformas e podem desbancar os grandes players do mercado. 

No final das contas, percebemos que em pouco tempo teremos uma grande quebra de hábitos no consumo. É importante estar atento aos ventos que empurram este mercado, para também saber interpretá-lo.

 

O que nossos clientes estão falando?

  • "Minha experiência é a melhor possivel. O atendimento é impecável!!!"

    star5

    Laura Ganon

    CEO - Fink Mobility

  • "Confiança, qualidade do trabalho e comprometimento definem uma parceria de sucesso. Para nossos clientes, o nível de qualidade e atendimento precisa ser "excelente" e para tal, a confiança em um parceiro como vocês, é fundamental. Cliente satisfeito é a garantia do nosso sucesso!"

    star5

    Ana Mason

    CEO - Ana Mason Design

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9